Denunciado por vestir farda da Polícia Civil, vereador diz: "Comprei, uso quando quiser" - Cariri Ativo - A Notícia Com Credibilidade e Imparcialidade
Denunciado por vestir farda da Polícia Civil, vereador diz: "Comprei, uso quando quiser"

Denunciado por vestir farda da Polícia Civil, vereador diz: "Comprei, uso quando quiser"

Compartilhar isso

 

Vereador Inspetor Alberto (foto: Mauri Melo)
Inspetor Alberto afirmou ao O POVO que considera que denúncia tem teor político.

Autor Carlos Holanda

Denunciado pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) por usar símbolos da Polícia Civil e supostamente portar ilegalmente armas na caçada ao criminoso Lázaro, em Goiás, o vereador de Fortaleza Inspetor Alberto (Pros) afirmou que a denúncia tem teor político.

Atribui ao fato de receber "visão muito grande do Governo" Estadual. O Ministério Público é uma instituição independente dos três poderes constituídos e tem a missão de defender interesses do conjunto da sociedade. Sobre o objeto da denúncia, o argumento de Alberto é de que as fardas que possui foram compradas com o próprio dinheiro, razão pela qual concluiu: "Vou dizer para o juiz que uso elas quando eu quiser". 

O parlamentar foi então indagado sobre a ilegalidade da conduta, vez que afastado da instituição para aposentadoria, ao que respondeu que espera aposentadoria, portando ainda é policial. Questionado sobre as armas, uma das quais sob manuseio do assessor parlamentar, ele respondeu que Tancredo tem de fato uma pistola calibre .40, mas que a arma não foi a Goiás. "As armas que tem ali são minhas que comprei com meu dinheiro", respondeu.

A promotora argumenta que a arma de Tancredo é registrada na Polícia Federal. No entanto, ele não possui autorização para portar arma de fogo, possuindo apenas o registro". Ela continua sobre Alberto: "Mesma sina segue o acusado José Alberto, o qual possui o registro de 03 (três) armas de fogo em seu nome, não possuindo, entretanto, qualquer autorização de porte de armas (fl. 80/81)."

Sobre esse aspecto da peça, Alberto fala que sempre levou as armas tanto em viagens pelo Ceará como por outros estados do País. "Eu tenho várias postagens com armas. Eu viajo pra Brasília com as minhas armas, entro em avião, ou tu acha que vou pra Brasília sem arma. Rodo o Brasil todinho", respondeu.

opovo.com.br

30.11.2021