Guia da Copa do Nordeste 2022: clubes, regulamento e transmissão - Cariri Ativo - A Notícia Com Credibilidade e Imparcialidade
Guia da Copa do Nordeste 2022: clubes, regulamento e transmissão

Guia da Copa do Nordeste 2022: clubes, regulamento e transmissão

Compartilhar isso

 

Ceará e Fortaleza são os favoritos para conquistar a Copa do Nordeste 2022(foto: FABIO LIMA/O POVO)
Ao todo, dezesseis equipes nordestinas divididas em dois grupos miram o título da Lampions. Ceará e Fortaleza, em 2022, serão os únicos participantes do Nordestão que disputarão a Série A do Campeonato Brasileiro.

Autor Lucas Mota

A Copa do Nordeste 2022 tem início neste fim de semana com três jogos da primeira rodada. O trio cearense, CearáFortaleza e Floresta, só estreia nos dias 29 e 30 de janeiro, após pedidos do Vovô e Leão pelo adiamento das partidas. Ao todo, dezesseis equipes nordestinas divididas em dois grupos miram o título da Lampions.

Os estados do Ceará e Paraíba são quem mais possuem representantes na competição, com três clubes cada um. Os paraibanos são representados pelo Botafogo, Campinense e Sousa.

Com dois clubes cada estão os estados da Bahia, de Alagoas e de Pernambuco. A dupla baiana é formada por Bahia e Atlético de Alagoinhas. Os alagoanos têm o CSA e CRB na Copa do Nordeste, enquanto os pernambucanos, Sport e Náutico.

Com um representante, estão Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe: Sampaio Corrêa-MA, Altos-PI, Globo-RN e Sergipe.

Ceará e Fortaleza, em 2022, serão os únicos participantes da Copa do Nordeste que disputarão a Série A do Campeonato Brasileiro. Com o rebaixamento de Bahia e Sport em 2021, a Lampions terá seis integrantes da Segundona. Além do Esquadrão e do Leão da Ilha, estão na Série B: CSA, CRB, Náutico e Sampaio Corrêa.

O Nordestão terá ainda quatro clubes da Série C, entre eles o Floresta. Os outros são: Altos, Botafogo-PB e Campinense. Os clubes da quarta divisão são: Atlético de Alagoinhas, Sousa, Globo e Sergipe.

Com Ceará e Fortaleza como os principais favoritos da edição 2022, o futebol cearense pode somar a quarta final consecutiva de Copa do Nordeste. Desde 2019, Vovô ou Leão disputa a decisão. Há três anos, o Tricolor superou o Botafogo-PB e conquistou o primeiro título do certame regional.

Nos últimos dois anos, o Alvinegro enfrentou o Bahia na final. Em 2020, o time do Porangabuçu conquistou o bi da competição. Em 2021, o Esquadrão levou a melhor e se tornou tetra do Nordestão.

Detalhe para a presença do Floresta na Lampions deste ano. O Verdão da Vila Manoel Sátiro conseguiu a classificação para a fase de grupos após superar o Santa Cruz e o Ferroviário na pré-Copa do Nordeste. Desta forma, o futebol cearense terá pela primeira vez três representantes no torneio.

Todos os jogos da Copa do Nordeste 2022 serão transmitidos pela plataforma de streaming Nordeste FC. Na TV aberta, o SBT tem os direitos de transmissão. Já na TV fechada, o Grupo Disney (canal Espn) transmitirá uma partida por rodada.

Estreias dos cearenses

Após solicitações de Ceará e Fortaleza, os jogos dos cearenses na primeira rodada foram alterados para o início de fevereiro. Desta forma, a estreia do Vovô, Leão e Floresta no Nordestão será na segunda rodada. O Alvinegro visitará o Sergipe, no dia 29 de janeiro, enquanto o Verdão viajará até a cidade de Ceará-Mirim-RN para encarar o Globo. Em 30 deste mês, o Tricolor receberá o Sousa em casa.

As partidas do trio da primeira rodada foram adiados para fevereiro. O Fortaleza encara o Floresta no dia 2 de fevereiro, no Castelão. O Ceará encara o Globo em casa no próximo dia 8.

Grupos

A primeira fase da Copa do Nordeste divide as equipes em dois grupos, A e B, cada um com oito clubes. As chaves foram definidas após sorteio realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, no último dia 6 de dezembro.

O Fortaleza está no grupo A junto com: Atlético de Alagoinhas, CSA, Campinense, Globo, Sampaio Corrêa, Sergipe e Sport.

Ceará e Floresta integram a chave B junto com: Altos, Bahia, Botafogo, CRB, Náutico e Sousa.

Campeões

Nove clubes ergueram a taça da Copa do Nordeste em 18 edições realizadas. Os baianos são os maiores vencedores da competição. Com título conquistado em 2021 sobre o Ceará, o Bahia igualou os quatro títulos do Vitória, que era até então o maior campeão do certame. O Ceará tem dois troféus, enquanto o Fortaleza, um.

Veja abaixo a lista completa de campeões:

  • Vitória - 4 (1997, 1999, 2003 e 2010)
  • Bahia - 4 (2001, 2002, 2017 e 2021)
  • Sport - 3 (1994, 2000 e 2014)
  • Ceará - 2 (2015 e 2020)
  • América-RN - 1 (1998)
  • Campinense - (2013)
  • Santa Cruz - 1 (2016)
  • Sampaio Corrêa - 1 (2018)
  • Fortaleza - 1 (2019)

Regulamento

Os clubes enfrentam os adversários da chave oposta. Portanto, os times do grupo A encaram as equipes do B. Os quatro melhores posicionados de cada lado avançam para o mata-mata. A classificação é definida após oito rodadas.

Em caso de empate em pontos ganhos entre dois ou mais clubes no fim da primeira fase, o desempate para efeito de classificação será definido observando os critérios abaixo:

  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró
  4. Menor número de cartões vermelhos recebidos
  5. Menor número de cartões amarelos recebidos
  6. Sorteio

Com exceção da decisão, disputada com ida e volta, as quartas de final e semifinal serão realizadas em jogos únicos.

Nas quartas, os times enfrentarão oponentes da mesma chave, com o primeiro colocado encarando o quarto, enquanto o segundo jogará contra o terceiro. Veja abaixo:

  • 1º do grupo A x 4º do grupo A
  • 2º do grupo A x 3º do grupo A
  • 1º do grupo B x 4º do grupo B
  • 2º do grupo B x 3º do grupo B

Já nas semifinais os clubes de chaves opostas voltarão a se enfrentar. Veja abaixo:

  • Vencedor do 1º do grupo A x 4º do grupo A enfrenta o vencedor do 2º do grupo B x 3º do grupo B
  • Vencedor do 1º do grupo B x 4º do grupo B encara o vencedor do 2º do grupo A x 3º do grupo A

Em caso de empate nas partidas disputadas nas quartas de final e semifinal, a classificação será definida através das cobranças de pênaltis.

Na final, em caso de empate em pontos ganhou entre os dois times após os confrontos de ida e volta, a definição sobre o campeão observará os seguintes critérios:

  1. Maior Saldo
  2. Cobrança de pênaltis

Informações sobre os clubes

Os cearenses:

Fortaleza

O Tricolor do Pici é favorito a conquistar a Copa do Nordeste 2022. O Leão chega com moral após o vitorioso 2021, quando foi campeão Cearense, semifinalista da Copa do Brasil, quarto colocado da Série A e classificado para a Libertadores. 

O Fortaleza manteve a base vitoriosa da temporada passada com apenas uma saída: o atacante David, que foi vendido por mais de R$ 10 milhões para o Internacional. No mercado, o Tricolor fez contratações pontuais para qualificar o elenco. Para o sistema defensivo, a diretoria contratou o goleiro Fernando Miguel e os zagueiros Landázuri, Ceballos e Wagner Leonardo.

Para o setor ofensivo, a equipe fechou com Silvio Romero, principal contratação do clube para 2022. O argentino tem a missão de comandar o ataque do Leão. Como reposição da saída de David, o Fortaleza fechou com Moisés, ex-Ponte Preta. Para a ala esquerda, o Tricolor buscou Juninho Capixaba.

Romero foi recebido pelo diretor de futebol do Fortaleza, Alex Santiago
Romero foi recebido pelo diretor de futebol do Fortaleza, Alex Santiago (Foto: Karim Georges/Fortaleza)

Ceará

O Alvinegro do Porangabuçu divide o favoritismo com o maior rival. A equipe comandada pelo técnico Tiago Nunes mira a terceira final consecutiva de Copa do Nordeste e sonha com o tri. O Ceará manteve os principais jogadores de 2021, como o meia Vina, e foi ao mercado para qualificar o elenco.

Para resolver um dos principais problemas do time em 2021, a lateral-direita, a diretoria alvinegra contratou Nino Paraíba e Michel Macedo. Para brigar por posição com Bruno Pacheco, o lateral-esquerdo Victor Luís desembarcou no Porangabuçu. Em busca de parceiros à altura de Fernando Sobral, o Vovô apostou em Richard e Richardson.

No ataque, o Ceará contratou Iury Castilho e Zé Roberto. Para a zaga, o Alvinegrou trouxe o defensor Lucas Ribeiro.

Zé Roberto assinou com o Alvinegro até o final de 2024
Zé Roberto assinou com o Alvinegro até o final de 2024 (Foto: Felipe Santos / Ceará SC)

Floresta

O Verdão é o mais novo estreante cearense na Copa do Nordeste 2022. O Lobo da Vila chega na competição após se classificar para a pré-Copa do Nordeste e conquistar a vaga inédita para a fase de grupos após bater Santa Cruz e Ferroviário.

Sem disputar a elite do estadual desde a temporada 2020, o Floresta fez campanhas de destaque a nível nacional nos dois últimos anos. Nesse período, o clube da Vila Manoel Sátiro foi vice-campeão da Série D e conseguiu se manter na Série C do Brasileirão, em 2021.

Grupo A
Atlético de Alagoinhas
Estreante na Copa do Nordeste, o clube chega para disputar o torneio como o atual campeão baiano. A equipe terá calendário cheio em 2022 com o Estadual, Copa do Brasil e Série D, além da Lampions.

O Carcará prioriza neste começo de temporada o Baianão para garantir calendário recheado em 2023, mas pode surpreender no Nordestão. O destaque do time é o atacante Thiaguinho, que vestiu a camisa do Caucaia em 2021 e estreou pelo Atlético marcando dois gols. Reforços: Hadrian (meia), Matheus Leal (lateral-esquerdo), Rael Cruel (atacante), Nael (atacante), Bruno Miranda (zagueiro), Bremer (zagueiro), Jardel Viana (volante), Edson (lateral), Pecel Oliveira (atacante), Lídio (zagueiro), Caetano (lat-esquerdo), João Ananias (volante).

CSA
Depois de "bater na trave" para o acesso em 2021, quando encerrou a Série B em quinto, o CSA sofreu na janela de transferências. A equipe perdeu peças importantes como os atacantes Dellatorre e Iury Castilho e o meio-campista Yuri, além do goleiro Thiago Rodrigues. Dos destaques da temporada passada, permaneceram no clube: os meias Geovane e Gabriel e o atacante Marco Túlio.

Entre os reforços da equipe, estão os atacantes Dalberto (ex-Coritiba) e Felipe Augusto (ex-Cruzeiro), o lateral-esquerdo Diego Renan (ex-Avaí) e o goleiro Marcelo Carné (ex-Juventude).

Campinense
Campeão de 2013, o Campinense retorna à Copa do Nordeste após cinco anos sem participar. A principal contratação do clube paraibano foi o atacante Olávio, um dos artilheiros do Brasil em 2021. Ex-jogador do Atlético-CE, o atleta fez 24 gols em 30 jogos.

A Raposa manteve a maior parte do elenco elenco de 2021, como o goleiro Mauro Iguatu, ídolo do clube, o lateral-direito Felipinho e o zagueiro Michel Bennech, além do técnico Ranielle Ribeiro.

Globo-RN
O time de Ceará-Mirim será o único representante potiguar na Copa do Nordeste 2022. O Globo chega à competição como o atual campeão do campeonato estadual.

Em comparação à temporada passada, o elenco da equipe foi quase todo reformulado. Após o título do Campeonato Potiguar 2021, os jogadores deixaram o clube, tendo em vista que não havia mais calendário para o restante do ano.

Sampaio Corrêa
Campeão de 2018, o Sampaio Corrêa busca melhores resultados na temporada de 2022. A equipe foi eliminada nas quartas de final do Nordestão 2021 e lutou contra o rebaixamento na Série B. A diretoria renovou com o técnico João Brigatti, que assumiu o clube na reta final da Segundona.

Entre os destaques do time em 2021, o Sampaio manteve no elenco o zagueiro Alan Godói, o volante Eloir e o atacante Pimentinha. A prioridade no mercado da bola da Bolívia Querida foi o setor ofensivo. A diretoria do time maranhense contratou seis peças para o ataque: Luiz Pauto, Gabriel Poveda, Valber Junior, Ronan, Thiago André e Eron.

Outros reforços: goleiros Lucão e Matheus Poletine, laterais-direitos Van e Matheuzinho, zagueiro Pedro Carrerette, volantes Wesley Dias e Nathan Costa e os meias Warian e Soares.

Sergipe
Campeão estadual em 2021, o Sergipe chega para a temporada 2022 com a equipe praticamente renovada, com poucos remanescentes da temporada passada. Entre os jogadores que permaneceram, está o atacante Hiago, ex-Fortaleza. Ele fez parte da equipe tricolor que conquistou o acesso para a Série B em 2017.

Ficaram no clube também: o goleiro Rodrigo, o zagueiro Lazarini, o lateral-esquerdo e volante Elivelton Lima, os volantes Ewerton Ageu e Diego Aragão e o meia Doda. Entre os reforços, o Sergipe contratou o experiente zagueiro Sílvio, um dos líderes na campanha do Londrina no acesso para a Série B, em 2015; o volante Matheus Silva, cria da base do clube de Aracaju que volta ao time após passagens por Guarani e Mirassol; o meia Kaio Wilker e o atacante Leonardo Dias.

Sport
Assim como o Bahia, o Sport sofreu o rebaixamento para a Série B em 2021 e tem a Copa do Nordeste como a primeira grande competição da temporada. O Leão da Ilha manteve no elenco o principal atleta do ano passado, o artilheiro da equipe Mikael. O jogador fez 15 gols em 50 jogos pelo clube.

A principal saída do time foi o volante Zé Welison. Sob o aval do técnico paraguaio Gustavo Florentín, o Sport fez nove contratações e apostou no mercado sul-americano. O clube trouxe o volante argentino Nicolás Watson (ex-Instituto do Córdoba-ARG), volante paraguaio Blas Cáceres (ex-Libertad) e atacante colombiano Ray Vanegas (ex-Deportivo Pasto). O Rubro-Negro está próximo de fechar ainda com o centroavante chileno Javier Parraguez, do Colo Colo.

O Sport terá no elenco em 2022 um velho conhecido da torcida do Ceará: o volante Pedro Naressi. Outros reforços: o zagueiro Alemão (ex-Operário), lateral-direito Ezequiel (ex-Chapecoense), lateral-esquerdo Lucas Hernández (ex-Cuiabá), os meias Alanzinho (ex-Palmeiras) e Denner (ex-Athletico-PR) e o atacante Jáderson (ex-Athletico-PR).

Mikael é a esperança de gols do Sport na Copa do Nordeste 2022
Mikael é a esperança de gols do Sport na Copa do Nordeste 2022 (Foto: Anderson Stevens/Sport)

Grupo B

Altos
O clube piauiense surpreendeu em 2021 ao fazer campanha até as quartas de final. O Jacaré aposta nas referências do setor ofensivo, os atacantes Manoel e Betinho, para garantir a classificação para o mata-mata na edição de 2022. A dupla do ataque somou 35 gols na temporada passada.

O Altos teve duas baixas relevantes no time titular de 2021: o lateral-direito Gean e o lateral-esquerdo Thiaguinho. A equipe aguarda ainda a recuperação dos volantes Ray e Dos Santos, que romperam os ligamentos do joelho na temporada passada e devem voltar a campo até março. No mercado da bola, o Jacaré assegurou o retorno de dois jogadores importantes, o goleiro Marcelo Barbosa e o lateral-direito Júlio Ferrari.

O zagueiro Vinícius Del'Amore, ex-Fortaleza, foi outro reforço para o setor defensivo. Mais contratações: volante Jarbas, meias Rafinha, William Júnior e atacantes Digo, Azulão, Elielton e Danillo Bala.

Bahia
A equipe baiana é a principal força depois de Ceará e Fortaleza na Copa do Nordeste. Após o rebaixamento na Série A, o Esquadrão busca dar a volta por cima na temporada de 2022 e a Lampions é o grande teste neste início do ano. O time de Salvador perdeu jogadores importantes como Gilberto, Rodriguinho, Nino Paraíba, Conti e Rossi.

Por outro lado, o Bahia manteve uma base competitiva para as pretensões do clube em 2022. Ficaram no elenco jogadores como o goleiro Danilo Fernandes, zagueiro Luiz Otávio, meia Danielzinho e centroavante Rodallega. Desde setembro de 2021 na equipe, o atacante Marcelo Cirino precisou se recuperar de lesão e estreou pelo Esquadrão no Baianão. Ele é considerado uma das principais peças para este ano.

Sobre reforços, o Bahia anunciou os volantes Rezende e William Maranhão e os laterais Jonathan, Djalma e Luiz Henrique.

Atacante Marcelo Cirino está recuperado de lesão e é destaque do Bahia na Copa do Nordeste 2022
Atacante Marcelo Cirino está recuperado de lesão e é destaque do Bahia na Copa do Nordeste 2022 (Foto: Felipe Oliveira/Bahia EC)

Botafogo-PB
Para a temporada de 2022, o Botafogo-PB apostou na reformulação do elenco. Entre as saídas, os experientes goleiro Felipe e o meia-atacante Marcos Aurélio. O clube contratou jogadores com passagens no futebol cearense: lateral-esquerdo Alessandro, ex-Ceará, e os atacantes Siloé, ex-Ceará, Gustavo Coutinho, ex-Fortaleza, e Adílson Bahia, ex-Ferroviário.

CRB
Após a ótima campanha na Série B 2021, quando terminou em sétimo, o CRB manteve as peças-chave do elenco para 2022. A equipe foi ao mercado para tentar resolver um dos principais problemas do ano passado: camisa 9. O clube contratou o centroavante Anselmo Ramon (ex-Chapecoense) para comandar o ataque.

A diretoria trouxe também o lateral-direito Raul Prata (ex-Vitória), os zagueiro Gilvan (ex-Botafogo) e Alan Uchôa (ex-Ceará) e o atacante Marcinho (ex-Vitória). O CRB manteve jogadores como o capitão do time, o zagueiro Gum, goleiro Diogo Silva e meia Diego Torres, assim como dois atletas com passagens no Ceará e Fortaleza: Marthã e Jean Patrick.

Anselmo Ramon foi contratado pelo CRB para comandar o ataque
Anselmo Ramon foi contratado pelo CRB para comandar o ataque (Foto: Márcio Cunha l ACF)

Náutico
A torcida do Timbu tem expectativas altas com o retorno da equipe ao torneio após não ter se classificado em 2021. O clube manteve a espinha dorsal do time que se destacou na temporada passada: o lateral-direito Hereda, lateral-esquerdo Júnior Tavares, zagueiro Camutanga, os volantes Rhaldney e Djavan, o meia Jean Carlos e centroavante Kieza.

O principal jogador da equipe é o meia Jean Carlos, destaque da Série B 2021. Ele foi o segundo atleta com mais participações diretas em gols da Segundona, com 11 tentos e nove assistências.

Para fortalecer o elenco, o Náutico trouxe o atacante Leandro Carvalho, ex-Ceará. Entre velhos conhecidos do futebol cearense, o clube também contratou o zagueiro João Paulo, ex-Fortaleza, e o meia Eduardo, ex-Leão e Vovô. Outros reforços: goleiro Lucas Perri (ex-São Paulo), zagueiro Wellington (ex-CSA), volante Richard Franco (Sol de América-PAR) e atacantes Ewandro (ex-CRB) e Robinho (ex-Bragantino).

Leandro Carvalho é reforço do Náutico em 2022
Leandro Carvalho é reforço do Náutico em 2022 (Foto: Tiago Caldas/Náutico)

Sousa
Vice-campeão do Campeonato Paraibano 2021, o Sousa surpreendeu ao conquistar vaga para a fase de grupos da Copa do Nordeste após superar ASA e Confiança na etapa prévia. A aposta do clube para a Lampions 2022 é no jogo de transição rápida.

O Dinossauro renovou com a maior parte do elenco da temporada passada. No mercado da bola, o clube garantiu o retorno de velhos conhecidos da torcida sousense: o lateral-direito Iranilson e o meia Esquerdinha, este que foi destaque na campanha do Ferroviário até o título da Série D 2018.

opovo.com.br

22.01.2022