Portaria do Conselho de Educação autoriza aulas remotas até dezembro de 2021 no Ceará - Cariri Ativo - A Notícia Com Credibilidade e Imparcialidade
Portaria do Conselho de Educação autoriza aulas remotas até dezembro de 2021 no Ceará

Portaria do Conselho de Educação autoriza aulas remotas até dezembro de 2021 no Ceará

Compartilhar isso

 

Decisão segue o Plano Estadual de Contingência para Resposta às Emergências em Saúde Pública Doença pelo Coronavírus 2019 (COVID-19) (Wandenberg Belém/SVM)
Uma nova resolução do Conselho Estadual de Educação (CEE) autoriza que o regime especial de aulas remotas, iniciado devido ao cenário da pandemia e dos riscos de contaminação, pode ser estendido até 31 de dezembro deste ano. A mudança, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de segunda-feira (11), libera as instituições ou redes de ensino públicas e privadas da educação básica e superior do Ceará a manterem o ensino não-presencial, deixando a escolha a critério das unidades.

Essa a adoção do regime especial de atividades escolares remotas foi permitida a partir de 19 de março do ano passado, no entanto, segundo o artigo 2º da Resolução CEE nº 481, de 27 de março de 2020, a autorização ainda não possuía data limite, sendo apontado somente que iria funcionar “por período definido de acordo com as orientações das autoridades estaduais”.

A medida de autorização das aulas remotas até o fim deste ano foi tomada considerando o cenário da pandemia do novo coronavírus. Além disso, a decisão também segue o Plano Estadual de Contingência para Resposta às Emergências em Saúde Pública Doença pelo Coronavírus 2019 (COVID-19).

Cenário Nacional

No último mês de 2020, a resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) que estende para 2021 a autorização de aulas remotas no ensino básico e superior foi homologada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro. No entanto, ao contrário da decisão estadual, o documento não estabeleceu data limite, apontando que a permissão seguirá enquanto as “condições sanitárias locais trouxerem riscos às atividades presenciais”.

Anteriormente, o CNE havia autorizado as aulas remotas até 31 de dezembro. Porém, a data foi suprimida após negociação com o ministério. Conforme o entendimento dos conselheiros, a dilatação do prazo buscava permitir também a convivência entre o ensino presencial e remoto no próximo ano, inclusive em processos de recuperação.

Aulas Presenciais

No Ceará, o retorno dos estudantes às atividades presenciais nas escolas públicas deve retornar já em fevereiro deste ano, segundo o governador Camilo Santana. As aulas haviam sido interrompidas desde março de 2020, com a chegada dos casos de coronavírus no Estado, sendo necessário adaptar o ensino ao modelo à distância. Apesar dessa liberação presencial, também será permitida a continuação das aulas remotas.

Para garantir a retomada segura, tanto para professores, quanto alunos, a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) explica que haverá o escalonamento de turmas e o rodízio de alunos. Nessa etapa, cada unidade escolar irá enviar o cronograma das classes com antecedência.

Fonte: Diário do Nordeste

miseria.com.br

13.01.2021