Perfil político do novo diretor-geral causa preocupação entre delegados da Polícia Federal - Cariri Ativo - A Notícia Com Credibilidade e Imparcialidade
Perfil político do novo diretor-geral causa preocupação entre delegados da Polícia Federal

Perfil político do novo diretor-geral causa preocupação entre delegados da Polícia Federal

Compartilhar isso

 

Paulo Maiurino, novo diretor-geral da PF (Reprodução)
Integrantes da Polícia Federal ouvidos pelo Blog do Gerson Camarotti nesta terça-feira (6) manifestaram preocupação com o perfil político do novo diretor-geral da corporação.

O anúncio da indicação para o posto do delegado Paulo Maiurino foi feito na tarde desta terça pelo recém-empossado ministro da Justiça, Anderson Torres, ele também delegado da PF.

Delegados da PF consultados pelo Blog avaliam que a corporação passou nas duas últimas décadas por um processo de “blindagem” contra interferências políticas.

O único hiato nesse processo foi a nomeação para diretor-geral de Fernando Segovia, no governo Michel Temer. Segovia sofreu forte reação da corporação e acabou demitido após três meses no cargo.

Paulo Maiurino é visto entre policiais federais como um delegado cuja carreira é mais política que técnica. Ele já ocupou cargos políticos no governo Geraldo Alckmin, em São Paulo — secretário de Esportes (2016-2018) e subsecretário de Segurança Pública (2018).

Esse perfil contrasta com o do antecessor de Maiurino, Rolando Alexandre de Souza, considerado um quadro técnico.

Os delegados ouvidos pelo Blog entendem que o cargo de ministro da Justiça é de natureza política e por isso é “normal” o presidente escolher para o posto alguém com esse perfil. Mas, dentro da PF, todo delegado que ocupa funções políticas passa a ser visto com desconfiança pela corporação.

Fonte: G1

miseria.com.br

08.04.2021