Museu de Paleontologia realiza nesta quinta (21) solenidade de recebimento do fóssil da aranha que homenageia Pablo Vittar - Cariri Ativo - A Notícia Com Credibilidade e Imparcialidade
Museu de Paleontologia realiza nesta quinta (21) solenidade de recebimento do fóssil da aranha que homenageia Pablo Vittar

Museu de Paleontologia realiza nesta quinta (21) solenidade de recebimento do fóssil da aranha que homenageia Pablo Vittar

Compartilhar isso

 

A Universidade Regional do Cariri (Urca), por meio do Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens, realiza solenidade de recebimento oficial fóssil da aranha Cretapalpus vittari — que homenageia a cantora Pablo Vittar, nesta quinta-feira (21), às 9h, em Santana do Cariri. Junto com esse material serão devolvidas 35 peças, vindas da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos.

Este material havia saído ilegalmente do Brasil e retorna para seu lugar de origem, ficando a partir de agora sob a salvaguarda da instituição. O fóssil pertence a uma aranha da família Palpimanidae, oriunda da Chapada do Araripe, no Ceará. O exemplar é o mais velho registrado em toda a América do Sul, sendo datado da Era Mesozóica (que ocorreu entre 250 e 65 milhões de anos atrás).

Conservação do material

O material se encontra em excelente estado de conservação, conforme os pesquisadores. A descrição do fóssil foi realizada por Matthew R.Downen, cientista que fez a devolução. Ele contou com a ajuda do britânico Paul A. Selden. Ambos se comprometeram em ajudar no processo de repatriação das peças.

O diretor do Museu de Paleontologia, Allysson Pinheiro, comemora a conquista do material, até porque esteve acima das expectativas. Vieram mais fósseis do que o previsto, até mesmo daqueles que não se tinha conhecimento de estarem nos EUA. A forma ilegal como o fóssil saiu do Brasil acabou sendo alvo de inquérito do Ministério Público Federal (MPF) no Ceará.

Homenagem

Tendo em vista a projeção internacional da artista Pablo Vittar nos Estados Unidos, os pesquisadores americanos decidiram realizar a homenagem. Segundo o Reitor da Urca, professor Francisco do O’ de Lima Júnior, a vinda desse material representa uma grande conquista para o Museu e para a Universidade, principalmente ampliando o material de pesquisa e o patrimônio de salvaguarda do equipamento.

Ascom Urca
21.10.2021