SOP completa três anos com mais de 960 km de rodovias concluídas e 462 obras de edificações realizadas para melhorar a vida dos cearenses - Cariri Ativo - A Notícia Com Credibilidade e Imparcialidade
SOP completa três anos com mais de 960 km de rodovias concluídas e 462 obras de edificações realizadas para melhorar a vida dos cearenses

SOP completa três anos com mais de 960 km de rodovias concluídas e 462 obras de edificações realizadas para melhorar a vida dos cearenses

Compartilhar isso

 

Criada em maio de 2019 a partir da fusão de dois importantes órgãos, a Superintendência de Obras Públicas é responsável por rodovias, aeroportos e edificações estaduais

Criada em maio de 2019, a partir da fusão dos Departamentos Estadual de Rodovias (DER) e o de Arquitetura e Engenharia (DAE), a Superintendência de Obras Públicas (SOP) é responsável por rodovias, edificações e aeroportos estaduais. Nesses três anos de existência, a SOP tem se consolidado como uma autarquia de referência no país. Responsável pela realização de grandes obras, de 2019 a 2021 concluiu 968 km de rodovias e 462 obras de edificações, totalizando um investimento de cerca de R$ 1,5 bilhão.

Na primeira metade de 2022 já estão sendo implantados, dentro do Programa Ceará de Ponta a Ponta, 477 km de rodovias, entre pavimentação, restauração e duplicação, com investimento de R$ 637 milhões. Outros 302 km de obras rodoviárias estão em fase de licitação, com aplicação prevista de R$ 426 milhões.

Além das obras, a SOP executa serviços de melhorias nas estradas. O Pacote de Recuperação Funcional, em sua primeira etapa, em 2019, recuperou 1.700 km de rodovias. No segundo semestre de 2021, foi lançada a segunda edição da iniciativa, que prevê a recuperação de mais de 2 mil km de rodovias, com um investimento de R$ 458 milhões. Mais da metade dos trechos já foi contemplada. A recuperação funcional é um serviço para devolver plena trafegabilidade a trechos que precisam de reparos nas camadas mais superficiais do pavimento. Sejam intervenções de extensão contínua ou pontual, elas são tecnicamente planejadas conforme as especificidades de cada local.

A SOP também está à frente do Programa Sinalize, que proporciona melhoria na segurança viária dos 184 municípios do Ceará. O investimento para o Programa chega a R$ 198 milhões. O programa busca incentivar e dar condições a todas as gestões municipais melhorarem a estrutura e fiscalização do trânsito nas zonas mais complicadas, para diminuir a incidência de acidentes e mortes no trânsito. Ao todo, 180 municípios aderiram à segunda edição do Programa Sinalize e 141 municípios já tiveram obras concluídas.

Outro modal importante em que a autarquia atua é o aeroportuário. Responsável por dez aeroportos regionais (Canoa Quebrada, Camocim, Campos Sales, Crateús, Iguatu, Jericoacoara, Quixadá, São Benedito, Sobral e Tauá), a SOP administra e cuida da manutenção desses equipamentos que recebem diariamente voos da aviação geral, com aeronaves de pequeno porte. Os aeroportos de Canoa Quebrada e Jericoacoara também recebem voos comerciais com aeronaves de médio porte. Somente de janeiro a abril deste ano, esses aeroportos somaram movimentação de 2.796 aeronaves e 118.039 passageiros.

Além dos modais de transporte, a Superintendência também atua na implantação de edificações. De 2019 a 2021 foram 462 obras concluídas, com investimentos de R$ 664 milhões. Foram finalizadas 70 Brinquedopraças, 198 Areninhas, 25 Centros de Educação Infantil (CEIs), 15 Praças Mais Infância e 4 Escolas de Educação Profissional, entre outros equipamentos. Isso representa investimentos em torno de R$ 154 milhões.

Equipamentos importantes para o Ceará. como o Teleférico de Juazeiro do Norte, o Centro Integrado de Segurança Pública, o Hospital Universitário, a Arena Romeirão, o Hospital Regional do Vale do Jaguaribe, o Centro Cultural do Cariri e a Estação das Artes são alguns exemplos da abrangência da atuação da SOP na execução de obras do Governo do Ceará que visam o bem estar do povo cearense.

Pessoas

Seja uma rodovia ou uma edificação, a obra afeta diretamente a vida da população. A CE-025 é um bom exemplo desse impacto positivo. Depois de finalizada, a rodovia facilitou não apenas a ligação da Capital com o Porto das Dunas, em Aquiraz, mas as conexões com outras áreas da Região Metropolitana.

“Por onde passa uma estrada como essa não tem como não melhorar. Depois que a rodovia ficou pronta tem um comércio atrás do outro, tudo ficou mais perto de casa. Até linhas de ônibus, que eram poucas, agora são muitas que vêm da Avenida Washington Soares e entram aqui. A meu ver, tudo só melhorou depois da construção dessa estrada”, relata Maria de Fátima Souza, moradora da região há 40 anos.

Outro exemplo é o Parque Dom Aloísio Lorscheider, que foi construído no lugar do antigo IPPOO, no bairro Itaperi, em Fortaleza, e trouxe novas oportunidades a uma região antes marginalizada por conta da imagem negativa do presídio.

“A praça ficou linda! Quando soubemos que o presídio seria demolido para dar lugar a uma praça, todos os moradores gostaram. Essa praça foi uma ajuda para mim e para todos do Itaperi, pois nós vendemos nossas mercadorias aqui e quando chega no fim do mês a gente consegue tirar algum lucro que dá para fazer a feira. Sem falar que agora os nossos filhos têm onde brincar, pois antes esse lugar era muito parado, fechado, tínhamos medo de passar por aqui. Acho que deveriam construir mais equipamentos como esse”, conta Fábia Ferreira, moradora do bairro Itaperi.

Em três anos de existência, a SOP cuidou de muitas obras que modificaram para melhor a vida dos cearenses, beneficiando a economia local, o turismo, a educação, o acesso à saúde e a logística.

Em 2022, a autarquia segue trabalhando bastante. A previsão é que se iniciem mais de 680 obras de edificações no decorrer do ano, incluindo campi de universidades estaduais, Casas da Mulher Cearense, Areninhas e Centros de Educação Infantil, entre outros equipamentos públicos.

“Queria parabenizar os funcionários da SOP, que são os nossos maiores parceiros. Gostaria de agradecer a todos os construtores e funcionários que fazem essas obras acontecerem com velocidade, transparência e boa qualidade, e fazer com que a SOP se mantenha como exemplo para o Brasil pela forma como trabalhamos. Representantes de vários estados têm nos visitado e copiado os projetos e a maneira de trabalhar com obra civil”, afirma Quintino Vieira, Superintendente de Obras Públicas.

Jóslen Barros Herbster - Ascom SOP

23.05.2022